Goo Resultados
BLOG
E-commerce de sucesso: aprenda 5 segredos
Postado dia 09/08/2018

No Brasil, os números do e-commerce têm apontado uma expansão. Em 2017, no evento da Pay Pal, em São Paulo, foi informado pelo CEO da Big Data Corp., Thoran Rodrigues, que o setor cresceu 9,23%, chegando a 600 mil lojas eletrônicas brasileiras.

O especialista considera que esse número, embora tenha ficado com um índice inferior em relação a anos anteriores, é um indício de que o mercado entrou no seu ponto de maturidade. Isso significa dizer que após as ebulições, há neste momento a tendência de se tornar um ecossistema com médias mais sustentáveis e, por isso, duradouras, pois as empresas já sabem quais são os pontos de equilíbrio.

Diante disso, quais são as tendências que devem ser seguidas em um negócio de e-commerce? O sucesso desse tipo de atividade depende de que para conseguir sucesso? Essas e outras perguntas podem ser feitas por quem gostaria de empreender nesta área ou até mesmo, tornar autossustentável o seu negócio existente.

Por isso, deixaremos abaixo 5 tendências para o mercado do e-commerce para que você possa criar uma estrutura necessária para essa área que cresceu e irá se manter estabilizada.

1) Plataforma

A primeira coisa na qual se deve pensar é na plataforma a ser utilizada para fazer as vendas. É por ela que se entende o fluxo de informações, ou seja, ela precisa ter todo o aparato para que se possa perceber a quantidade de pedidos, o controle de estoque e as taxas de conversões. É por isso que o sistema deve ser robusto e, ao mesmo tempo, acessível para todos que o utilizarem.

2) Administração de estoque

Não adianta possuir um sistema que dê conta da informação dos fluxos, se não houver uma boa gestão de estoque. Ter o produto em estoque significa manter a clientela, já que ela se sentirá privilegiada em encontrá-lo e recebê-lo dentro do prazo previsto. Uma administração de estoque diferenciada saberá encontrar o equilíbrio para que não haja um estoque desnecessário e também, a quantidade suficiente que atenderá os clientes, a partir da análise dos fluxos de vendas.

3) Acesso mobile

As empresas de comércio eletrônico precisam fazer com que os seus sites sejam responsivos. Ser responsivo significa que o seu site deve se encaixar no dispositivo que o cliente possua, seja PC, celular, tablet ou outro tipo que dê acesso à internet). Isso é necessário porque os aparelhos móveis são os principais meios de acesso dos usuários. O e-commerce deve estar atento a isso.

4) Aplicativo próprio

Ter um aplicativo próprio pode parecer uma ‘gourmetização’ dessa área que muitos podem interpretar como algo sem necessidade. É uma tendência atual, principalmente, do comércio eletrônico de alimentos, mas é bom prestar atenção no avanço dela para as outras áreas de atuação. Já há varejistas de eletroeletrônicos que estão utilizando com sucesso, esse tipo de tecnologia.

5) Marketing digital

Por último e não menos importante, montar uma estratégia de marketing digital é de extrema importância. De nada adianta ter todos os itens acima se a estratégia de sua empresa para propagar isso na rede não está à altura. Até mesmo as lojas físicas estão se atentando para as questões do marketing digital porque notaram que é mais eficaz que a mídia tradicional. Só fique atento no tipo de ações que irá fazer. Existem agências especializadas em inbound marketing que poderão ajudar muito.

Gostou do artigo?

Compartilhe este conhecimento com seus contatos!
COMPARTILHE NO WHATSAPP COMPARTILHE NO FACEBOOK COMPARTILHE NO LINKEDIN

Deixe um comentário!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
Temos uma missão clara: ajudar empresas a conquistar mais clientes e a gerar mais negócios através da internet. Hoje estamos presentes em quatro estados brasileiros.
11 4410-1718
Segunda a sexta das 8h às 18h
© 2019 Goo Resultados